(IN)$EGURANÇA OLÍMPICA!!!

19 ago

dicha

 

Caceta! Com tanto aparato militar, tecnologia e outras ‘coi$a$’, roubos, assaltos, estupros e mentiras, a nossa(?) Olimpíada foi um $uce$$o, principalmente financeiro, uma pirâmide para algun$!
A polícia e as autoridade$(?) não conseguiram fazer o serviço de casa direitinho!
Dentro da ‘Vila Olímpica’ teve roubos, assaltos, estupros(?), venda ilegal de ingre$$o$ e outras modalidade$ olímpica$ tupiniquin$!
Dentro dos perímetros(?) da (in)$egurança até que a ‘coisa’ foi considerada normal, mas fora desse perímetro(?) a ‘coisa’ foi pior, onde assaltos, roubos, arrastões, incêndios a ônibu$, tiroteios e balas perdidas proliferaram!
A nossa(?) (in)$egurança, com auxílio das Forças Armadas e da Far$a Nacional, usaram o método do cobertor curto de mendigo!  Se puxar pra cima descobre os pés e se puxar pra baixo fica com a cabeça de fora! Parece até o macaquinho namorando a girafa! Umazinha em baixo e corre pra cima para dar um beijinho de língua!
O e$cândalo(?) que mais chamou a atenção das mídia$, principalmente as internacionais, foi o depoimento dos nadadores americanos à um jornal americano, onde disseram terem sido assaltados por bandidos com armas e distintivos da polícia! Os nadadores, que estavam bem chapados e na águas etílicas onde disputavam também uma medalha de ouro no nado e depoimentos sincronizados, não souberam dizer onde foi e nem a que horas!
Como não sabiam de nada, como o Lula após um porre etílico, eles não foram dar queixa numa delegacia!
A ‘merda’, não as obra$(?) do legado do Pae$, fedeu e vazou como no caso da ‘periguete’ que foi estuprada(?) num morro da Praça Seca, e caiu na rede e a polícia quis saber do ocorrido!
Fuça daqui, fuça dali e a polícia chegou à conclusão de que não houve assalto nenhum e que os nadadores deveriam ser enquadrados por falsa denúncia!
A verdade, que não quer calar, foi a seguinte: os nadadores, já de madrugada, após saírem de uma fe$ta na Hípica, pegaram um táxi para a ‘Vila Olímpica! No caminho sentiram vontade de jogar pra fora os resíduos líquidos excedentes e o motorista parou num posto de conveniência(?) lá na Barra!
Os nadadores acabaram mijando no chão e se apoiaram em placas e pia e acabaram danificando as peças!
Eles estavam tão bêbados que queriam entrar num táxi errado! Enfim conseguiram achar o táxi deles e entraram!
Quando iam sair, eis que surgem dois homens armados e com distintivos da polícia, que por acaso eram policiais fazendo bico como $eguranças, já que o E$tado está falido, que os mandou sair do táxi!
Como num filme, não americano, mas brasileiro de terror, eles pensaram que estavam sendo assaltados, apesar de bêbados!

Pra piorar a ‘coi$a’, os nadadores não sabiam falar português e nem os policiais e os frentistas sabiam falar inglês!
Até que um frentista tentou resolver o problema do idioma e olhou para os pés dos nadadores na esperança de ver, em ‘slow motion’, a tradução em simultâneo como nos filmes! Parecia uma ‘Torre de Babel’ e ninguém se entendia, ainda mais os nadadores que estavam bem bêbados!
Pra não serem presos, os nadadores tiveram que pagar pelo prejuízo, onde ficaram tesos de dólares e reais!
Para os americanos foi a gota d’água! Aí é que, para eles, etilicamente e sem tradução, se configurou o tal assalto!

Bem amigos, como diria Bobão Bueno, os nadadores americanos não conseguiram índices para irem pra casa e sim para a polícia, mas bem depois!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: